Honrar Compromissos é Sempre a Melhor Política

Tempo de leitura: 2 minutos

 

O que acontece com os compromissos que assumimos no desenrolar de um romance?

Fazemos votos de eterno amor, de atenção plena, fidelidade, companheirismo, suporte financeiro, toneladas de sexo e, até mesmo, de sempre alimentarmos os gatos e os cachorros.

Nós realmente dissemos e demos significado a tudo isso, não é mesmo?

Pois, tais promessas trazem, em seu bojo, segurança e confiança – que são sagradas. E, quando são quebradas, certamente nos sentimos traídos!

Embora, no decorrer dos anos de nossa infância, possam de fato ter havido muitos desses compromissos e promessas que não tenham sido devidamente honrados na relação afetiva que então se delineava junto a nossos pais e/ou cuidadores, agora, como adultos, é de nossa exclusiva responsabilidade virmos a superar a dor que amarguramos, assim como a nossa sensação de perda de segurança e de confiança, para nos elegermos a mudar isso tudo em nosso atual relacionamento amoroso.

É vital honrarmos nossas promessas. Tanto aquelas mais que tenham sido mais abrangentes e significativas e que proferimos quando tomamos a decisão de casarmos, quanto aqueles outros menos importantes acordos e compromissos que vamos fazendo dia-após-dia.

E isso, significa que só devemos fazer promessas e assumir compromissos que realmente tenhamos intenção de cumprir!

É muito mais produtivo dizer: “Não. Eu não posso prometer a você que estarei disponível para esse compromisso de fim-de-semana pois estou aflito por ter muito trabalho a fazer”, do que dizer “Sim”, para tentar estabelecer alguma paz na relação entre vocês ou, até mesmo, para tentar adiar e/ou evitar alguma decepção a ser sentida por seu/sua parceiro(a).

Lembrem-se:

A honestidade é sempre a melhor política em um relacionamento amoroso consciente.

 

Exercício:

  • Que promessas e/ou compromissos você e seu/sua parceiro(a) fizeram: na semana passada?; no ano passado?; na ocasião de seu casamento?
  • Vocês realmente estavam sendo honestos e verdadeiros ao terem feito tais compromissos e promessas?
  • Renove uma qualquer dessas promessas a seu/sua parceiro(a) ainda hoje – e faça tudo que lhe for possível para honrá-la e cumpri-la!

 

Meditação:

Ao entrar em um estado profundo e relaxado durante esse meu tempo meditativo, eu ofereço esse voto em forma de prece: “Minha palavra vale ouro quando meu/minha parceiro(a) está envolvido(a)”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *